Cadastre-se grátis!
Receba informativos diários do MN1 no seu E-mail!

X

  • Google+
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Skype
  • Whatsapp
Paulinelly Construções
Eudes Fonseca
Comercial Rocha

Notícias
MN1

MN1 Notícias - Alertas, Celebridades, Ciência, Cinema, Curiosidades, Dicas, Entretenimento, Espaço, Esportes, Games, Internet, Moda, Pesquisas, Polêmicas, Religião, Saúde, Segurança na WEB, Tecnologia, Vídeos da WEB e Muito Mais!

Notícias
+ Lidas

12/01/2018 às 08h20

Garoto chinês chega à escola com cabelos congelados pelo frio e foto viraliza; FOTOS

Do: G1

Visto por 117 pessoa(s).

Misael Lima Postado Por:
Misael Lima
www.facebook.com/MisaeLLima01

O garoto chinês Wang Fuman, de 8 anos, caminhou 1 hora e meia no frio de 9 graus negativos e chegou à escola com os cabelos congelados (Foto: Reprodução/TV Globo)

O garoto chinês Wang Fuman, de 8 anos, caminhou 1 hora e meia no frio de 9 graus negativos e chegou à escola com os cabelos congelados (Foto: Reprodução/TV Globo)

Menino de 8 anos caminhou 1 hora e meia em temperatura de 9ºC negativos; professora registrou imagem.


A imagem de um garoto chinês chegando à escola com os cabelos congelados viralizou e chamou a atenção para o sofrimento das famílias pobres no intenso frio que atinge a China.

Após caminhar uma hora e meia em uma temperatura de 9ºC negativos, Wang Fuman, de oito anos, ficou com os cabelos, as sobrancelhas e os cílios congelados, além das mãos machucadas pelo frio. Ele mora na zona rural de Ludian, na província de Yunnan, no sudoeste do país.

A foto foi tirada por uma professora. O diretor da escola disse que o menino é ótimo aluno em matemática e tira notas altas.

Depois que a imagem rodou o mundo, a escola recebeu doações de agasalhos e dinheiro para melhorar o aquecimento do edifício, segundo informou o Bom Dia Brasil.

O chinês Wang Fuman com sua família em Ludian, na China (Foto: AFP)
O chinês Wang Fuman com sua família em Ludian, na China (Foto: AFP)

voltar

  • Google+
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Skype
  • Whatsapp
Ir para o topo