Cadastre-se grátis!
Receba informativos diários do MN1 no seu E-mail!

X

  • Google+
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Skype
  • Whatsapp
Restaurante Donna Júlia
Paulinelly Construções
Arquia
Eudes Fonseca
Comercial Rocha

Notícias
MN1

MN1 Notícias - Alertas, Celebridades, Ciência, Cinema, Curiosidades, Dicas, Entretenimento, Espaço, Esportes, Games, Internet, Moda, Pesquisas, Polêmicas, Religião, Saúde, Segurança na WEB, Tecnologia, Vídeos da WEB e Muito Mais!

Notícias
+ Lidas

18/04/2017 às 13h58

Barragens do interior de Pernambuco voltam a armazenar água após chuvas

Do: G1 Caruaru

Visto por 216 pessoa(s).

Misael Lima Postado Por:
Misael Lima
www.facebook.com/MisaeLLima01

Barragem de Brotas, em Afogados da Ingazeira (Foto: Divulgação/Compesa)

Barragem de Brotas, em Afogados da Ingazeira (Foto: Divulgação/Compesa)

Em Custódia, a barragem de Marrecas conseguiu acumular 1,4 milhão m³ de água, o que corresponde a 6,49 % da capacidade total.


Três barragens localizadas no Sertão e uma no Agreste de Pernambuco voltaram a armazenar água após chuvas serem registradas na última semana. Em Custódia, a barragem de Marrecas - que estava em colapso desde novembro de 2014 - conseguiu acumular nesta segunda-feira (17) 1,4 milhão de metros cúbicos de água, o que corresponde a 6,49 % da capacidade total, de acordo com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

Três barragens localizadas no Sertão e uma no Agreste de Pernambuco voltaram a armazenar água após chuvas serem registradas na última semana. Em Custódia, a barragem de Marrecas - que estava em colapso desde novembro de 2014 - conseguiu acumular nesta segunda-feira (17) 1,4 milhão de metros cúbicos de água, o que corresponde a 6,49 % da capacidade total, de acordo com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

"Com o volume acumulado na barragem de Marrecas, a Compesa pretende, dentro de 20 dias, restabelecer o sistema e fornecer uma vazão de 22 litros de água por segundo para o abastecimento da cidade, possibilitando a redução do rodízio atual, que é de cinco dias com água e 23 dias sem, para três dias com água e 16 dias sem", informou a assessoria de imprensa.

Barragem de Marrecas, em Custódia (Foto: Divulgação/Compesa)
Barragem de Marrecas, em Custódia (Foto: Divulgação/Compesa)

Até o final desta semana, os moradores de Panelas, no Agreste, voltam a receber água nas torneiras, já que a barragem de São Sebastião está com 20% do volume, conforme destacou a Compesa.

Até o final desta semana, os moradores de Panelas, no Agreste, voltam a receber água nas torneiras, já que a barragem de São Sebastião está com 20% do volume, conforme destacou a Compesa.

voltar

  • Google+
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Skype
  • Whatsapp
Ir para o topo