Cadastre-se grátis!
Receba informativos diários do MN1 no seu E-mail!

X

  • Google+
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Skype
  • Whatsapp
Restaurante Donna Júlia
Paulinelly Construções
Eudes Fonseca
Comercial Rocha

Notícias
MN1

MN1 Notícias - Alertas, Celebridades, Ciência, Cinema, Curiosidades, Dicas, Entretenimento, Espaço, Esportes, Games, Internet, Moda, Pesquisas, Polêmicas, Religião, Saúde, Segurança na WEB, Tecnologia, Vídeos da WEB e Muito Mais!

Notícias
+ Lidas

18/05/2017 às 15h29

Para evitar constrangimento no ginecologista, tailandesas usam máscaras

Do: ODDITY CENTRAL / Mega Curioso

Visto por 249 pessoa(s).

Misael Lima Postado Por:
Misael Lima
www.facebook.com/MisaeLLimaMN1

Imagens: ODDITY CENTRAL

Imagens: ODDITY CENTRAL


Exames ginecológicos não são a melhor coisa do mundo e toda mulher sabe disso. No entanto, é de extrema importância a realização de procedimentos como o Papanicolau para prevenir o câncer do colo do útero.

O Hospital Nong Krot, de Kamphaeng Phet, na Tailândia, tem uma novidade curiosa para quem precisa realizar exames íntimos e tem vergonha de literalmente mostrar a cara nesse momento. Lá, quem se sentir desconfortável pode simplesmente optar por usar máscaras.

O Papanicolau é um exame que coleta material do útero da mulher para que testes laboratoriais sejam realizados com a intenção de identificar células cancerosas. Não realizar o exame por motivo de constrangimento é algo que realmente pode prejudicar a vida das mulheres, por isso a ideia do hospital é, de certa forma, proteger a identidade das pacientes, que ficam irreconhecíveis usando as máscaras. Além delas, as atendentes do hospital também usam máscaras.  

Deu certo



A ideia foi inspirada em um programa de TV chamado The Mask Singer, no qual diversos cantores se apresentam usando máscaras e não revelando suas identidades.

Desde que o uso de máscaras foi implantado no hospital, o constrangimento das pacientes parece ter diminuído – que fique claro, elas precisam levar documentos de identificação para controle de prontuário. O fato é que assim que a novidade foi divulgada, dezenas de mulheres decidiram fazer o exame.

As fotos da sala de espera viralizaram e estão sendo compartilhadas por pessoas de todo o mundo. Enquanto muita gente gostou da ideia, justamente por ela ter aumentado o número de exames realizados, há também quem questione a educação social da mulher em relação ao seu próprio corpo. E você, o que achou da iniciativa?

voltar

  • Google+
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Skype
  • Whatsapp
Ir para o topo